Dra. Alessandra Gorgulho esclarece sobre os principais tratamentos contra Parkinson

Atualizado: 29 de Jun de 2018


Estima-se que até 2% da população mundial acima de 60 anos tem Parkinson.


No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, são 200 000 pessoas. A doença neurológica progressiva atinge o sistema nervoso central, provocando a degeneração de células de uma região do cérebro que produz dopamina. Não há cura, mas o tratamento correto pode melhorar os sintomas. O Parkinson geralmente começa com um tremor, mas outros sintomas também ocorrem como movimentos lentos, rigidez e perda de equilíbrio.


No programa VEJA Saúde, a repórter Natalia Cuminale entrevista a neurocirurgiã Alessandra Gorgulho, do Hospital HCor, sobre o tema. Ela explica os detalhes sobre a doença, como reconhecer os sintomas e quais os tipos de tratamento. No bate-papo, Alessandra também esclarece em quais casos a intervenção cirúrgica pode ser necessária.


Semanalmente, o programa VEJA Saúde recebe médicos e especialistas das mais variadas áreas para falar sobre qualidade de vida e cuidados com o corpo e a mente. Acompanhe em www.veja.com.br/tveja/vejasaude.





Fonte: VEJA.ABRIL

0 visualização

SBRC - Sociedade Brasileira de Radiocirurgia - 2007 - 2019
Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, 2367 –11° Andar Cj 1.102 - CEP: 01401-000
São Paulo, SP -  (11) 9 3285-3736. |  e-mail: contato@sbrc.org.br
Responsável Técnico do Portal: Sebastião Corrêa, MD, PhD